quinta-feira, 31 de março de 2011

10 truques de sobrevivência feminina


Confesso que fiquei um bom tempo pensando no que colocar no primeiro post dessa tag.Apaguei outros textos milhões de vezes,pensei em abordar tantos outros assuntos...mas né?Um blog feito por mulheres,e destinado as mesmas.Porque não fazer um mix de truquinhos que nós colocamos em prática ao longo do dia-a-dia?E que servem de quebra galho para variadas situações?Mulher é um ser praticamente multifuncional.Que dá conta de conciliar estudos,baladas,trabalhos,estágio,namorado,amigos,família e ainda por cima tem sempre um truquezinho na manga pra estar sempre bonita.



10-Talco:fazendo as vezes de shampoo seco

Atire o primeiro frasco de shampoo quem nunca recebeu uma ligação de uma amiga chamando pra um programinha de última hora?.Aquela ligação diretíssima falando em alto e bom som ‘tô passando aí em 10 minutos,tá?Não é pra atrasar!’.E sério,se existe uma boa alma no mundo que consegue tomar banho,lavar o cabelo,dar uma ajeitada básica na juba,escolher e trocar de roupa e maquiar nesse tempo mínimo,por favor me ensine!Eu estou a anos luz dessa praticidade toda(né,amor?).Depois do banho,é só colocar uma diquinha muito prática em ação(não tem porqueira tá gente?Isso é até truque de backstage de desfile!):talco na raiz do cabelo!É só ir colocando aos poucos na raiz e ir dando batidinhas para assentar o pó.Se der tempo de jogar um jato frio de secador,melhor ainda!Se não,basta só pentear o cabelo normalmente.O talco suga os vestígios de oleosidade do cabelo e é uma mão na roda também pra quem não pode lavar as madeixas todos os dias.


9-Condicionador antes do shampoo

Ainda falando de cabelos,essa serve pra dar uma ajudinha nas pontas judiadas.Antes de tomar banho,passe condicionador(ou essas máscaras de ação em 3 minutos mesmo)do meio do cabelo até as pontinhas.Concentre bem o condicionador nessa parte,e depois desembarace.Se possível deixe agindo no mínimo 5 minutos.Esse processo ajuda a proteger o fio dos agentes mais ‘agressivos’ do shampoo e ainda dá uma selada na cutícula do cabelo.


8-Demaquilante prático

Mulher sofre até depois que chega da balada.Chegar morrendo de sono,e ainda saber que precisa tirar a maquiagem é quase algo desanimador.Lencinhos umidecidos de bebê são salvadores nas horas de preguiça.

7-Demaquilante prático II

Vamos combinar?A propaganda do shampoo Johnson’s baby é uma fofura a parte.Quem nunca se pegou cantarolando ‘gostoooso pra chuchu,chuáchuá’ não sabe o que é relembrar os banhos de infância. Só que shampoo de criança,assim como os lenços umidecidos, também serve pra gente grande.Não conheço nada mais eficaz pra tirar rímel a prova d’água e restinhos de maquiagem do que o shampoo neutro(aquele amarelinho ‘no more tears’).Uma gotinha super funciona pra previnir o sempre ridículo efeito panda do dia seguinte.


6-Turbinando o hidratante.

Confesso:não resisto a embalagens cutes e cheirinhos gostosos de hidratante.Mas posso enumerar aos montes as vezes que fui descaradamente seduzida por um cheirinho de morango que passou longe da sua mais lógica e principal função.A de hidratar a pele mesmo,ué!Foi assim que caí de amores pela glicerina líquida.De personagem tímido escondido atrás das tralhas belezísticas do banheiro,ela passou a ser a salva vidas de qualquer creme sem gracinha que exista.É só adicionar algumas gotinhas misturadas ao hidratante(na palma da mão mesmo)e espalhar normalmente pelo corpo.A glicerina é naturalmente um excelente umectante pra qualquer área do corpo,e ainda ajuda na barreira de proteção da pele.


5-Fazendo o lápis preto durar mais

Durante anos seguidos fui usuária fiel de lápis preto to-dos os dias.Já acordava passando o coitadinho.E nunca tinha encontrado assim,O lápis preto.Que ficasse bem pretinho,que não escorresse e principalmente que durasse bem na linha d´água.Nenhum resistia a fatal ‘próxima olhadinha no espelho’.Sempre pareciam evaporar(ou borrar né?) Mas já experimentou passar lápis marrom antes do preto?Juro que funciona!Parece até que a cor risca melhor,fica mais realçado...não escorre,e como dura praticamente o dia todo,nem precisa retocar.


4-Potencializando o efeito do rímel


Curvex é uma coisinha tão assustadora,né?Tudo bem que dão um efeito lindo nos cílios,mas sempre tenho a sensação de que são assassinos de olhos. Passar uma camadinha de pó compacto antes do rímel,além de aumentar o efeito de volume ainda ajuda no efeito alongador.E faz o rímel durar mais!


3-Blush duplo

Não conheço nenhuma mulher que não se renda ao charminho de um blush.Porque né?Blush é vida!É praticamente uma dose instantânea de carinha de saúde com uma pincelada. Pra evitar que o efeito que a gente tanto adora suma mais depressa,outro blush serve de aliado,o blush em creme.Ele não precisa ser necessariamente do mesmo tom do blush em pó,pois vai servir apenas de base para que o outro fixe melhor.E nem precisa de pincel,basta aplicar dando batidinhas até ficar uniformemente bem espalhado.Em seguida,e só aplicar a versão em pó normalmente,esfumando com pincel.


2-Boca lisinha


Acho difícil também,encontrar mulher que não resista a um batom e um gloss.Mas e quando o batom é seco e deixa a boca o deserto do Saara,marcando todas as ruguinhas possíveis?Hidratante labial antes de passar o batom ou o gloss evita qualquer clima árido na boca,facilita a aplicação e ainda dá uma forcinha na duração.

1-Santo Bepantol que estais no céu


Nenhum item acima está posicionado por ordem de preferência nem nada parecido.Mas esse aqui,merece de qualquer forma ser entitulado como o número 1.Merece uma página no Guiness book por suas multifunções.Merece um lugarzinho no céu. O Bepantol é praticamente um milagre embalado.Tanto nas versão pomada,quanto na versão líquida. Sempre recomendada para os adeptos da tatuagem,a versão pomada também serve pra hidratar as cutículas(se usado continuamente abole por completo o uso do alicate),pra hidratar profundamente os lábios(uma camada fina antes de dormir,boquinha de princesa no dia seguinte),pra ajudar o processo de cicatrização de qualquer feridinha ou fissura e dermatite de contato,pra hidratar a área abaixo dos olhos(reza a lenda que ajuda a combater olheiras),pra amenizar a vermelhidão de espinhas ou de exposição solar,pra combater e previnir rachaduras nos pés,entre uma série de coisinhas boas. A versão líquida pode ser usada como uma espécie de tônico hidratante na pele(passando com algodão ou borrifando)e também como um plus na hidratação do cabelo(1 tampinha do produto para 2 colheres de sopa de máscara hidratante,em cabelos de comprimento médio a longo). Toda essa multifuncionalidade se deve ao principal componente de ambas versões,o panthenol,um constituinte natural da pele e dos cabelos.Por ser uma molécula pequena,essa pró-vitamina tem alto poder penetrante e umectante. Bepantol é encontrado em qualquer farmácia,e vale carregar para todos os lugares.
Leia Mais >>

Juízo Final !

A mãe de uma das Amélias contou essa piadinha leve, achei muito boa e vou postar aqui para vocês. Deixo uma dica : nunca subestime uma mulher. Por mais que ela seja inocente, mesmo sendo no além, ela dará o troco.(Rá)


Amélia era uma mulher muito sofrida. Casada, dona de casa, vivia sendo traída pelo marido, ele a humilhava muito, etc e tal... Certo dia Amélia faleceu e foi para o céu. Chegando um dia, São Pedro que estava na portaria, pediu a ela que ficasse lá para ele por um tempinho, pois precisava dar uma saída. Então Amélia ficou e a fila estava grande... Cada dia mais pessoas. Todos que chegavam Amélia fazia perguntas: Como estava a vida? O que fez? E no final mandava soletrar uma palavra... Se acertasse, podia entrar se não, ficaria de fora.

E assim foi indo... f-o-c-a , c-a-s-a ... Várias pessoas chegando e soletrando para tentar entrar no céu.

Quando Amélia viu, quem estava na fila? Seu marido. Ela perguntou sobra a vida, como fazia com todos. Ele disse que estava muito bem, que depois que ela morreu as coisas melhoraram. Ele foi mais próspero, casou-se de novo, construiu uma nova família, era tudo perfeito.

Amélia então diz: -É mesmo?!E como no final ela sempre pedia uma palavra para soletrar, foi logo dizendo: Arnold Schwarzenegger.







Leia Mais >>

segunda-feira, 28 de março de 2011

Ranca tudo e joga fora!

Ficar ainda mais bonita no séc.XXI (com tanto clichê em jogo), é uma tarefa cada vez mais difícil. E cada dia mais essa neurose se instala na cabeça de nós mulheres. Ter um bumbum empinado, uma barriga de tanquinho, corpinho “zero bala”, de nada vale, se “lá” (na região sul), não estiver ajeitadinho para não dar “bandeira” de um maldito pelinho fugindo do biquíni. E para não acontecer, é necessário literalmente “rancar” tudo fora. É um momento doloroso esse tal de depilar. Mas de uma coisa eu tenho certeza: entramos com um corpinho e saímos com a sensação de no mínimo 10kg mais magras! Com um humor ímpar, o texto que recebi (de uma autora oculta), relata de uma forma divertidíssima seu momento “depilatório”. Divirta-se!!!


RELATOS de uma primeira DEPILAÇÃO
"Tenta sim. Vai ficar lindo ..."


Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve. Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.
- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?
Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.
- Cavada mesmo.
- Amanhã, às... Deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.
Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de "Calígula" com "O albergue". Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.
Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.
- Quer bem cavada?
- .é... é, isso.
Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).
- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.
- Arreganhada, né? Ela riu.
Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha Virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar. Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural. Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.
- Tudo ótimo. E você?
Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes. O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinha
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha, tá ficando linda essa depilação.
- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto.
Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. "Me leva daqui, Deus, me teletransporta". Só voltei à terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.
Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.
- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria: - Tudo bem, Pê? - Sim... sonhei de novo com o cu de uma cliente. Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.
- Vira agora do outro lado. Porra.. por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope, empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.
- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói? - Dói nada.
- Tá, passa essa merda...
- Baixa a calcinha, por favor!
Foram dois segundos de choque extremo: "Baixe a calcinha".... como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao cu. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.
- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.
Namorar...namorar?!... eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada.

Mas eu ainda estou na luta... quero ver se consigo comprar o domínio na internet e criar um blog, tipo :

http://www.preserveasabigaispeludas.com.br
Leia Mais >>

Revolução das Amélias.

Bom dia Amélias!!! Como primeira postagem, escolhi algo bem prático, e básico, afinal de contas estamos apenas c-o-m-e-ç-a-n-d-o! Pra que ainda não me conhece, me chamo Sâmella, tenho 21 anos, sou de fato Amélia, ao avesso e de verdade, casada, estudante, publicitária. Tenho certeza que ainda iremos nos divertir muito neste blog, começamos um pouquinho "cult" mas apenas de começo, o lado cômico ainda estar por vir...aguarde!!! Pra você que assim como nós se identifica com essa nova era das Amélias, para você que também se sente ao avesso, este é o seu lugar! Gostaria de começar meu primeiro post com apenas uma música, "Desconstruindo Amélia" , que resume e dita muito bem essa nova era. Afinal, sem as Amélias como o mundo haveria de ser? um paraíso infecundo incapaz de florescer. Curtam essa música. meijos ;*
video
Leia Mais >>

sexta-feira, 25 de março de 2011

As Amélias de lá



Atualmente, calcula-se que exista em torno de 1,3 bilhões de muçulmanos no mundo, dividido em diversas correntes religiosas. Praticamente em todos os países do mundo existem muçulmanos. É a religião que mais cresce. Cerca de 70% dos intelectuais que se convertem a uma crença, escolhem o islamismo.

Mais como será que essa religião veem as mulheres?

Pois é, o fundamentalismo islâmico, em sua essência, olha para a mulher como um ser "sub-humano", feita apenas para os serviços escravos dentro de casa e a procriação. E quem fez vigorar essa visão foi o ultra-fundamentalista Talibã após tomar posse do país!

Hoje, as mulheres são completamente privadas do direito à educação, ao trabalho, de ir e vir, à saúde, ao recurso legal, ao lazer, e do direito de ser humana. E eu pergunto: que direitos resta a essas mulheres ter?

Infelizmente, o mundo nem ouve e nem se preocupa com o que está acontecendo nesses países, onde as mulheres perderam os direitos que deviam ter, onde elas vivem caladas e oprimidas desde que o medo de não cumprir corretamente as regras do islamismo tomou conta de suas vidas.

O Talibã trata as mulheres pior que animais. Eles declararam ilegal manter animais presos em gaiolas ou jaulas, enquanto mantém como prisioneiras nossas mulheres, entre as quatro paredes de suas casas. Exceto para produzir crianças, satisfazer as necessidades sexuais dos homens ou fazer o trabalho enfadonho da casa, as mulheres não têm nenhuma importância aos seus olhos.

Restricoes que as mulheres mulcumanas teim de seguir

Já imaginou ter de seguir pelo menos 31 regras em seu país pra não ter que sair dos conceitos islâmicos? É assim que as mulheres de alguns países como Arábia Saudita, Irã, Iraque, Egito, Territórios Palestinos, Jordânia, dentre outros países vivem.

1. É absolutamente proibido às mulheres qualquer tipo de trabalho fora de casa, incluindo professoras, médicas, enfermeiras, engenheiras etc.

2. É proibido às mulheres andar nas ruas sem a companhia de um "mahram" (pai, irmão ou marido).

3. É proibido falar com vendedores homens.

4. É proibido ser tratada por médicos homens.

5. É proibido o estudo em escolas, universidades ou qualquer outra instituição educacional.

6. É obrigado o uso do véu completo (burqa) que cobre a mulher dos pés à cabeça.

7. É permitido chicotear, bater ou agredir verbalmente as mulheres que não estiverem usando as roupas adequadas (burqa) ou que estejam agindo em discordância com o que o Talibã quer, ou ainda que esteja sem seu "mahram".

8. É permitido chicotear mulheres em público se não estiverem com seus calcanhares cobertos.

9. É permitido jogar pedras publicamente em mulheres que tenham tido sexo fora do casamento (vários amantes foram apedrejados até a morte).

10. É proibido qualquer tipo de maquiagem ( muitas mulheres tiveram seus dedos cortados por pintar as unhas).

11. É proibido falar ou apertar as mãos de estranhos.

12. É proibido à mulher rir alto. (nenhum estranho pode sequer ouvir a voz da mulher)

13. É proibido usar saltos altos que possam produzir sons enquanto andam, já que é proibido a qualquer homem ouvir os passos de uma mulher.

14. A mulher não pode usar taxi sem a companhia de um "mahram".

15. É proibida a presença de mulheres em rádios, televisão ou qualquer outro meio de comunicação.

16. É proibido às mulheres qualquer tipo de esporte ou mesmo entrar em clubes e locais esportivos.

17. É proibido às mulheres andar de bicicleta ou motocicleta, mesmo com seus “mahrams".

18. É proibido o uso de roupas que sejam coloridas ou, em suas palavras “que tenham cores sexualmente atrativas”

19. É proibida a participação de mulheres em festividades.

20. As mulheres estão proibidas de lavar roupas nos rios ou locais públicos

21. Todos os lugares com a palavra "mulher" devem ser mudados, por exemplo: "o jardim da mulher" deve passar a se chamar "jardim da primavera".

22. As mulheres são proibidas de aparecer nas varandas de suas casas.

23. Todas as janelas devem ser pintadas de modo às mulheres não serem vistas dentro de casa por quem estiver fora.

24. Os alfaiates são proibidos de costurar roupas para mulheres.

25. Mulheres são proibidas de usar os banheiros públicos (a maioria não tem banheiro em casa).

26. Ônibus públicos são divididos em dois tipos, para homens e mulheres. Os dois não podem viajar em um mesmo ônibus.

27. É proibido o uso de calças compridas mesmo debaixo do véu.

28. Mulheres não podem se deixar fotografar ou filmar.

29. Fotos de mulheres não podem ser impressas em jornais, livros ou revistas ou penduradas em casas e lojas.

30. O testemunho de uma mulher vale a metade que o testemunho masculino, a mulher não pode recorrer à corte diretamente - isso tem que ser feito por um membro masculino da sua família.

31. É proibido às mulheres cantar.

30. É proibido a homens e mulheres ouvir música.

31. É completamente proibido assistir filmes, televisão, ou vídeo.


É difícil ver que mulheres comuns igual a nós, vivem desta forma e de muitas outras formas, precisamos e merecemos cada dia mais do respeito de todos por nossos direitos, é totalmente desnecessário passar por tipos de constrangimentos que nos fazem calar diante de situações que só nos prejudicam.

Cadê você mulher? Forte, guerreira, lutadora. Onde estão nossas Amélias do avesso por lá?

Hoje podemos ver que apesar de muitos países em que as mulheres ainda não têm sua voz ouvida, vemos a diferença de muitos outros países em que as mulheres conquistam cada dia mais um espaço dentro de cada lugar. São mulheres do poder, mulheres da TV, mulheres do esporte, nomes marcantes e que fizeram histórias, mulheres que lutam por causas beneficentes, mulheres que tomam frente dos negócios, mulheres que lutam em casa e lutam nas ruas, mulheres que fazem valer seus direitos, mulheres que servem de exemplo, enfim somos espelhos de nossas próprias ações… e precisamos um pouco mais dessas mulheres.

Esse vídeo mostra um pouco dessa realidade cruel e insignificante : www.youtube.com/watch?v=vFnZ-ScU1SM

Leia Mais >>

quinta-feira, 24 de março de 2011

Mais do que 1001 utilidades !

Dani Calabresa, Marisa Orth e Mônica Iozzi (fomos bem representadas né?)

Evoluídas. Sim, essa palavra resume as mulheres. E pensando nisso, a propaganda da Bom Bril inovou e fez uma justa homenagem à nós, valorizou todo o potencial feminino e humilhou os homens , comparando eles à animais dóceis e adestrados , rs (amei). Claro que a propaganda foca o produto, mas o up é a MULHER, que apesar de evoluída ainda dá as ordens em casa. Homens, não se sintam rebaixados , a propaganda apenas mostrou que o tempo todo estamos ganhando e vocês têm o poder na roda dos amigos e no trabalho e quando se sentem pressionados demais , pedem pra sair. (Dani Calabresa de Cap. Nascimento ficou muito mais fofis). Enfim, achamos muito digna e realista e que outras chamadas se inspirem na da Bom Bril e mostrem a nossa capacidade. Esse link tem várias coisas legais, além dos vídeos da propaganda. Vale a pena conferir : www.mulheresevoluidas.com.br

Leia Mais >>

quarta-feira, 23 de março de 2011

Mulheres em destaque-as que fizeram história.

Há tempos que as mulheres conquistaram seu espaço no mundo.Mas sempre existem aquelas que se destacam e deixam guardado seu lugarzinho próprio na história,marcando ou revolucionando sua época.Na maioria delas,quebrando regras e limites impostos,sempre indo pelo lado avesso da situação...Aqui abaixo,alguma dessas(muitas)mulheres admiráveis.


A Amélia da aviação

A primeira Amélia do avesso,coincidentemente também é Amélia de batismo.A americana Amelia Earhart marcou seu nome na história mundial por ter sido pioneira na aviação de seu país,e parte fundamental na formação de organizações para mulheres que também desejavam seguir o mesmo caminho.
Estabeleceu uma série de recordes,entre eles o de primeira mulher a sobrevoar sozinha o Oceano Atlântico.Se destacou por sua independência,coragem e persistência e ainda hoje é citada como um ícone feminista.
Não se sabe muito sobre a vida de Amelia.Ela desapareceu sobrevoando o Oceano Pacífico e foi dada como morta em 1939.Centenas de artigos,filmes e documentários foram feitos baseados em sua vida(o que aumentou mais ainda sua fama na cultura popular)e é frequentemente lembrada como um grande estímulo motivacional,especialmente para mulheres.

A Amélia da moda

A francesa Gabrielle Bonheur Chanel,ficou mundialmente conhecida como a icônica estilista Coco Chanel,responsável por revolucionar a vida das mulheres da década de 20.

Foi uma mulher a frente de seu tempo,e suas criações permitiram que as mulheres se desvinculassem dos antigos e desconfortáveis trajes impostos.Criou a primeira calça feminina,e estabeleceu uma moda clássica e de status que são símbolo de referência e elegância até os dias de hoje.Seus tailleurs,trajes pretos,bolsas de alça de corrente e tecido matelassê e brincos de pérola até hoje influenciam a moda em toda parte do mundo.
Porém,Coco fez seu patrimônio milionário através do perfume Chanel nº5(o primeiro perfume sintético a levar o nome de um estilista,e que simbolizava seu número da sorte).O frasco em estilo art-déco foi criado em 1921 a pedido da própria Gabrielle,que desejava um 'perfume de mulher com cheiro de mulher'.Faleceu em Paris,em 1971.
(Vale assistir:o filme 'Coco antes de Chanel,com a também francesa Audrey Tatou)

A Amélia de Hollywood

Audrey Hepburn se destacou como modelo,atriz e humanista e é considerada a terceira maior lenda feminina do cinema.
Foi descoberta por um produtor em um desfile,e logo conquistou seu primeiro papel(o de protagonista)da produção da Brodway Gigi.
Seu talento artístico foi questionado e criticado,mas a situação logo foi revertida quando foi escalada para outro papel de protagonista em 'A princesa e o plebeu',que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz.
Audrey participou de filmes clássicos como Bonequinha de luxo,Cinderela em Paris,Sabrina e A herdeira,e é considerada como ícone de estilo e influência ainda nos dias de hoje.Recentemente foi considerada a atriz mais bonita de todos os tempos.Ela passou seus últimos anos se dedicando ao seu papel mais importante:o de Embaixatriz da Unicef,promovendo missões,palestras e conceitos com causa,sempre fazendo viagens aos países mais necessitados.Faleceu aos 63 anos,vítima de câncer.
(Vale assistir:Bonequinha de luxo,foi um de seus maiores sucessos e gravou eternamente a figura de Audrey na foto acima)
A Amélia da arte Frida Kahlo foi uma famosa pintora mexicana.
Ainda criança sofreu de poliomielite,que a deixou com a eterna sequela de lesão no pé.Devido a ela,Frida mancava e passou a usar saias longas para esconder a deformidade(mais tarde os trajes se tornariam uma de suas marcas registradas)

Ao longo da vida,Frida sofreu uma série de enfermidades e acidentes.O mais trágico foi a perfuração de suas costas e pélvis por um pára-choque em um acidente de trem.Por conta dele,sofreu uma série de cirurgias e passou um longo período acamada utilizando coletes ortopédicos.Começou a pintar na própria cama,utilizando cavaletes adaptados.Suas obras retratam familiares e até sua própria figura,como na tela 'A coluna partida'A morte de Frida também é um mistério.A autópsia aposta como embolia pulmonar,mas ntambém não é descartado a hipótese de overdose(proposital ou acidental,já que a artista tentou suicídio diversas vezes)

(Vale assistir:O filme Frida,de 2002,trazendo Salma Heyek no papel principal)


A Amélia da política
Carla Bruni não é necessariamente uma figura de poder político,e nunca exerceu essa função.

Se estabeleceu no mundo da moda,fazendo parte da primeira geração de top models a ficarem conhecidas internacionalmete,ao lado de nomes como Kate Moss e Claudia Schiffer.Também fez carreira como cantora,lançando 3 discos de sucesso.

Mas Carla ganhou mesmo o mundo,quando assumiu seu relacionamento com o presidente da França Nicolas Sarkozy,se tornando primeira dama.A partir daí começou a ser apontada como referência em estilo de comportamento e elegância.

Antes mesmo de se relacionar com o presidente,Carla já realizava ações filantrópicas no desenvolvimento da luta contra AIDS.Realizou inúmeros trabalhos de prevenção e conscientização contra o vírus,o que lhe rendeu a nomeação de Embaixadora Global de proteção aos portadores do HIV.Também instituiu uma fundação para promover o acesso a cultura e ao conhecimento,e está sempre engajada em causas nobres.

A Amélia da TV


Oprah Winfrey é sem dúvidas a figura feminina de maior destaque na TV.Seu talk-show 'The Oprah Winfrey show' está no ar há mais de 20 anos,o que lhe rendeu o posto de apresentadora mais bem paga do planeta.
Sua infância humilde e sofrida não foi empecilho para trilhar uma consolidada carreira de sucesso,e desde criança Oprah já mostrava seu dom de falar em público(começou na igreja).

Seu talento foi reconhecido pela mídia,e lhe rendeu inúmeros Emmys,e até a indicação ao Oscar pela atuação no filme 'A cor púrpura'.Oprah também é apontada como a mulher mais filantrópica do mundo e conseguiu até exercer influência política na campanha de Barack Obama.

Em 2009,anunciou o fim de seu programa em 2011,e com isso afirmou que terá mais tempo para se dedicar ao seu próprio canal de TV,e suas revistas.



A Amélia da música

A última Amélia,foi de longe a que seguiu pelo lado mais avesso.

A cantora Maysa Monjardim é destaque permanente e influente na MPB e Bossa Nova.

Filha de família rica,casou-se aos 17 anos com o espresário André Matarazzo(herdeiro da tradicionalíssima família brasileira descendente do Conde Matarazzo)e com ele teve seu único filho,Jayme Monjardim.

Desquitou-se do marido,por esse ser contra sua carreira,e logo se envolveu em conflituosas relações amorosas,regadas a álcool.

Maysa foi uma mulher de talento e influência em sua época,e também fez carreira internacional.

Ficou marcada tanto pelo talento,quanto pelos escândalos e exageros.Faleceu ainda jovem aos 41 anos,em um acidente de carro.

(Vale assistir:toda a minissérie Maysa,dirigida pelo próprio filho Jayme Monjardim.A minissérie traz ainda os netos da cantora interpretando o pai,e a semelhança da protagonista com a cantora foi muito comentada.)

Leia Mais >>

terça-feira, 15 de março de 2011

Por nós mesmas

Decidir o tema de um blog não é lá uma tarefa muito fácil.Escolher um nome bacana,que simbolize o conteúdo escolhido,menos ainda.Ainda mais para cinco aspirantes a publicitárias,todas de signos e opiniões diferentes.
Daí que nós decidimos falar sobre  o que mais conhecíamos:nós mesmas.E sobre tudo que gira em torno do nosso extenso-e delicioso,diga-se de passagem-mundo feminino.
Porque vamos combinar?Ser mulher,apesar de todo conflito existencial que aconteça dentro de cada uma,é uma das melhores coisas que existem.Toda crise de TPM é compensada.
Antigamente,ser mulher,era ser sinônimo de Amélia.Que vivia pela família,que costurava,passava,lavava e cozinhava com total maestria.A Amélia que era mulher de verdade.A Amélia que as vezes até se esquecia dela mesma.
Por aqui,nós fazemos o caminho contramão da coisa.Não que nenhuma de nós não saiba fazer pelo menos dois itens acima,ou que se porte de forma totalmente egocêntrica a ponto de não se importar com a família.Também não somos fúteis.Todas nós nos interessamos por artigos de sociologia,desenvolvimento sustentável,bons livros e assuntos atuais.
Mas quem disse que alguém precisa ser ‘cult’ 24 horas por dia nos sete dias da semana?Todo mundo merece uma folguinha própria,pra se levar menos a sério.Aquele tempinho pra conversa mole e despretenciosa.Pra se antenar nas novidades,pra se jogar no cartão de crédito(e depois esconder a fatura)
E não é por sermos assim que deixamos de ser mulheres de verdade não,viu?A gente só optou pelo lado avesso!
Aninha,Janine,Paulinha,Sasá e Vivi
Leia Mais >>